Em encontro com micro e pequenos empreendedores do Recife, o candidato João da Costa apresentou algumas das propostas voltadas para o desenvolvimento econômico do Recife. O evento ocorreu na manhã desta terça (23), no Recife Praia Hotel, e contou com dezenas de representantes do setor empresarial.

Na visão do candidato, o investimento em formação profissional é uma iniciativa fundamental para o setor: "vamos trabalhar com propostas de capacitação para qualificar a grande mão-de-obra disponível na cidade", garantiu João da Costa.

Na sua avaliação, teve uma ampliação do comércio nas comunidades, principalmente no setor de alimentos. "O aumento do consumo da população deveu-se aos programas de renda mínima, como o Bolsa Família e o Bolsa Escola".

Propostas - Dentre as ações de desenvolvimento econômico previstos no programa de governo destacam-se: o incentivo a setores com vantagens competitivas e efeito multiplicador de atividades econômicas, emprego e renda; a ampliação do programa de redução tributária para atividades empresariais intensivas de mão-de-obra e que possam atuar como força de atração de outras empresas.

O candidato propôs ainda a criação de as Zonas Especiais de Dinamização Econômica em todas as regiões da cidade para qualificar essas áreas de atividades múltiplas; a consolidação de um pólo terciário moderno no Centro Expandido do Recife, por meio da atração de empresas de base tecnológica, a exemplo do Porto Digital e do setor de Call Center. 

O pólo, segundo garantiu, estará articulado à rede de equipamentos e atividades turísticas e culturais, de acordo com a estratégia do Complexo Turístico Cultural Recife-Olinda.